terça-feira, 24 de abril de 2012

REALIDADE

Nem sempre realidade
é aquilo que a gente tem.
O que se sente cá dentro
que ninguém percebe ou vê
no eu real escondido
ora doce ora dorido
feliz ou tão esmagado,
já morto ou desabrochado
profundamente guardado;
é nossa realidade.
É nossa grande verdade.
É nossa vida também.

Cyra de Queiroz Barbosa

Um comentário:

  1. Professora Marluce,
    te convido a conhecer o meu blogue. Está só no comecinho, mas vale a pena ler! Trato um pouquinho de língua portuguesa e literatura, além de algumas reflexões minhas. Se tiver um tempinho, passa lá: www.palavras.tk

    Até depois!

    ResponderExcluir